domingo, 21 de novembro de 2010

Tá chegando o Nataaalll!!!

E o Papai Noel já está pelos shoppings!!!


Rafael e Jolie foram lá dar um alô pra ele...


e falaram algumas 'poucas' opções d presente...


Cooooitadinho do Bom Velhinho!

Namastê!

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Curso de Psicologia Budista

Galera, o desconto da inscrição foi prorrogado.

Aproveitem!

Clique na imagem para ampliá-la

Namastê!

*

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Há um ano...


Queridos amigos, namaskar!

Fui pro sítio nesse feriadão e, acreditem ou não, minha camera ñ saiu d dentro da bolsa...
É impressionante como a chuva me desanima em relação às fotos.
Ñ tinha nenhum lagartinho posando pra mim... nem raios d sol pra iluminar aquela paisagem q eu tanto amo fotografar...
Por isso, resolvi postar aqui umas fotitas e uns videos q fizemos há exatamente um ano, qdo o véio e a madrasta foram pro sítio com a gente passar o feriado.
Na foto d cima, eu e Carlinha numa prática leve q eu me empolguei tirando onda d professora ministrei (gostaram da palavra?) pra começarmos o dia em harmonia com a natureza!

Na foto d baixo, eu e o véio num momento FAMA!


E aqui estão os links dos videos do nosso repertório:

- Free to Decide
- Empty
- Zombie
- Q tudo vá para o inferno

São todos bem legais e o último bem engraçado... é um tal d cada um num tom...

Bem, espero q vcs gostem!
Cantar é sempre bom, né?

Bjs a todos e namastê!

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

SE NÃO QUISER ADOECER


Se não quiser adoecer - "Fale de seus sentimentos". Emoções e sentimentos que são escondidos, reprimidos, acabam em doenças como gastrite, úlcera,dores lombares, dor na coluna. Com o tempo, a repressão dos sentimentos, a magoa, a tristeza, a decepção degenera até em câncer. Então vamos confidenciar, desabafar, partilhar nossa intimidade, nossos desejos, nossos pecados. O diálogo, a fala, a palavra é um poderoso remédio e poderosa terapia.


Se não quiser adoecer - "Tome decisão". A pessoa indecisa permanece na dúvida, na ansiedade, na angústia. A indecisão acumula problemas, preocupações, agressões. A história humana é feita de decisões. Para decidir é preciso saber renunciar, saber perder vantagens e valores para ganhar outros. As pessoas indecisas são vítimas de doenças nervosas, gástricas e problemas de pele.


Se não quiser adoecer - "Busque soluções". Pessoas negativas não enxergam soluções e aumentam os problemas. Preferem a lamentação, a murmuração, o pessimismo. Melhor acender o fósforo que lamentar a escuridão. Pequena é a abelha, mas produz o que de mais doce existe. Somos o que pensamos. O pensamento negativo gera energia negativa que se transforma em doença.

Se não quiser adoecer - "Não viva de aparências". Quem esconde a realidade, finge, faz pose, quer sempre dar a impressão de estar bem, quer mostrar-se perfeito, bonzinho etc., está acumulando toneladas de peso... Uma estátua de bronze, mas com pés de barro. Nada pior para a saúde que viver de aparências e fachadas. São pessoas com muito verniz e pouca raiz. Seu destino é a farmácia, o hospital, a dor.


Se não quiser adoecer - "Aceite-se". A rejeição de si próprio, a ausência de auto-estima faz com que sejamos algozes de nós mesmos. Ser eu mesmo é o núcleo de uma vida saudável. Os que não se aceitam são invejosos, ciumentos, imitadores, competitivos, destruidores. Aceitar-se, aceitar ser aceito, aceitar críticas, é sabedoria, bom senso e terapia.

Se não quiser adoecer - "Confie". Quem não confia, não se comunica, não se abre, não se relaciona, não cria liames profundos, não sabe fazer amizades verdadeiras. Sem confiança, não há relacionamento. A desconfiança é falta de fé em si, nos outros e em Deus.


Se não quiser adoecer - "Não viva sempre triste". O bom humor, a risada, o lazer, a alegria, recuperam a saúde e trazem a vida longa. A pessoa alegre tem o dom de alegrar o ambiente em que vive. "O bom humor nos salva das mãos do doutor". Alegria é saúde e terapia.

Dr. Drauzio Varella


Fotos: Erika Capriles - out/2010, no sítio

*

Bom findi, bom feriado!

*

Bjs a todos e namastê!

*


quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Grde de Horários True Love Space

Queridos, a grade d horários e os preços do True Love Yoga pra vcs!

clique na imagem para ampliá-la


Bjs a todos e namastê!

*

domingo, 7 de novembro de 2010

Diwali no True Love Yoga



Sensacionaaaaalllllll a Festa das Luzes q tbm fez parte das comemorações d inauguração do True Love Space! Aliás, foram 2 comemorações mto especiais d uma vez, né? Diwali + True Love = tudo d OM! E, pra melhorar, ainda foram somadas 2 atrações maravilhosas. A primeira foi a linda Juliana Terra q abriu a noite contando a história d Sita e Ram numa performance q me mostrou, desde o primeiro minuto, q essa festa prometia! Cara, assim como no último post, ñ tenho palavras... ela é fantástica dançando, rindo, chorando e até imitando macaco!!! O fundo musical, lógico, estava à altura da interpretação!


As crianças simplesmente AMARAM!

A segunda atração super hiper mega ultra maravilhosa foi o 'canto encantado' do Bhakti tal!
Como é bom ouvir e cantar mantras! Ô energia gostosa!


Boa e contagiante!!! Olhem só q delícia essas crianças! AAAhhhh, o meu bb é o mais lindo do mundo, né? Tão concentradinho! Ficou ali com a Gabi em estado d meditação mó tempão!

Foi mais uma noite perfeita no True Love!
Parabéns aos músicos!

Essas yoginis já começaram arrasando!!!

Fim d festa com Rafael e minha nora Jolie!!!


Bjs a todos e namastê!

*

sábado, 6 de novembro de 2010

Shiva Samba e True Love


Na verdade, o título desse post deveria ser 'Sem palavras'...

A noite d ontem foi simplesmente maravilhosa!

Ñ sei dizer o q q foi mais incrível... o show mega empolgante do Shiva Samba...


A felicidade estampada, tatuada, rabiscada na cara da iluminada dupla Joanna e Miila...


Ou a qtd d amigos levando mta energia positiva pra essa tão sonhada inauguração...


Tudo estava perfeito!
O som ñ poderia ter sido melhor, a animação da galera super contagiante, o calor q quase matou tudo q é humano, o pote cheio d bis q tava tão perto d mim...


E, mais q perfeito, foi ter meu bb ao meu lado curtindo muuuiiiito com a minha princesa e nora preferida Jolie!

No final da festa, eles estavam assim -------->
Suados, vermelhos e acabados!!!

E qdo nós chegamos em casa eu ainda tive o prazer inesperado d ouvir "Mãe, quero ir sempre q tiver 'festa da tia Miila', tá?"

AAAhhhh!!!! Esse é o meu Ganeshinha!!!
Orgulho da mamãe!
Pra quem reclama toda vez q entra no carro e escuta mantra, até q ele gostou bastante, né?
E deve ter perdido algumas calorias nos litros d suor q escorriam a cada minuto!


Parabéns aos mto mto mto talentosos músicos!
Parabéns pra galera toda q vibrou junto!
Parabéns pra Miila e pra Joanna por essa (também) suada conquista!
Foi mto emocionante!

E hj tem maaaaiiissss!!!!
Uhuuuu!!!!

BjOOOMMM e namastê!

*Om Gan Ganapataye Namaha*

*

domingo, 31 de outubro de 2010

8 aninhos do meu BB




Tô até com vergonha d tanto tempo sem atualizar meu blog lindo, verde e cheio d paz...
Falta d tempo... pra variar...

Mas volto em gde estilo com fotos do meu príncipe mais príncipe dos príncipes no niver d 8 aninhos dele, no sábado 23 desse mês
Teve uma apresentação d flauta maravilhosa na escola, onde, além da turma toda arrasar, ainda cantaram parabéns pro meu gostoso! Agradecimentos ao tio Leão, talentoso guerreiro q consegue domar e ensinar essas ferinhas com mta liberdade e diversão! Aqui vcs podem ver o video no you tube. Apesar q... acho q já mandei esse link pro mundo todo... hahaha

Dps desse showzão fomos todos pro Boomerang Mix lanchar e cantar parabéns (d novo) pro meu menino maluquinho!

Mto obrigada a todos q me ajudaram a fazer acontecer! Minha família mais-do-q-perfeita e amigos do meu filhote juntamente com suas famílias q agora tbm meio q são minha família pq nossa cria está unida até, até, até... ñ vamos pensar em um até assim tão distante, né? Mas considero todos nós (responsáveis por essas crianças fofas e felizes da turminha) uma gde e orgulhosa família!

Parabéns amor da mamãe!

Parabéns tbm pro meu irmão q tbm ficou + veínho (alcançou a faixa dos 18!!!!!) e já ñ é mais 'd menor'!!! Bjs e mais bjs brotherzinho!

Bjs a todos e namastê!

ps. juro, juro, juro q vou tentar ñ demorar tanto pra atualizar, ok?

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Há muito mais entre o FILOSOFAR e o AGIR, do que ousamos SONHAR!

por D. Afonso XX, o Chato , tirado do site Faça a sua parte.


O comentário da Nívea Ribeiro, no post do Jubal (A Disputa da Água), "acho que a população está sendo informada do que está acontecendo, apenas informada. Mas muitas das vezes, não tem como por em prática seu conhecimento" aponta para uma questão das mais importantes para a humanidade e que tem me intrigado muito: o que há entre o filosofar e o agir?

Dizem os entendidos que vivemos na tal da Sociedade do Conhecimento. Pura filosofia, pois como bem aponta a Nívea, nada mais temos feito do que disponibilizar informações (e, em boa parcela dos casos, apenas dados). Beira às raias do primarismo ter que diferenciá-los, mas é necessário, visto que, no caso do meio ambiente, a quantidade de informação disponível está definitivamente dissociada da qualidade. Qualidade aqui entendida como informação realmente capaz de produzir alterações positivas na realidade do meio ambiente e não meramente qualidade no sentido de eficácia. O sentido é ideológico, sem dúvida.
A pergunta básica, então, é: por que somos capazes de produzir tanta informação e tão pouco conhecimento sobre o meio ambiente?
Transformar informações em conhecimento é um ato que implica mudança. Mas, diferentemente do que muito se divulga por aí, essa mudança é, necessariamente, interna. É somente pela mudança de nossas crenças e valores que podemos gerar conhecimento a partir das informações que recebemos. Caso contrário, as informações estão fadadas ao esquecimento.
E como mudar as crenças e os valores das pessoas quanto ao meio ambiente?

Duas citações para começar. A primeira, do Fritjof Capra; a segunda, mais recente, do Leonardo Boff:

1. "O novo paradigma pode ser chamado de uma visão de mundo holística, que concebe o mundo como um todo integrado, e não como uma coleção de partes dissociadas. Pode também ser denominado visão ecológica, se o termo 'ecológica' for empregado num sentido muito mais amplo e mais profundo que o usual. A percepção ecológica profunda reconhece a interdependência fundamental de todos os fenômenos, e o fato de que, enquanto indivíduos e sociedades, estamos todos encaixados nos processos cíclicos da natureza (e, em última análise, somos dependentes desses processos)."1
2. "Para onde iremos? Nem o Papa, nem o Dalai Lama, nem Barack Obama, nem muito menos os economistas nos poderão apontar uma solução. Mas pelo menos podemos indicar uma direção. Se esta estiver certa, o caminho poderá fazer curvas, subir e descer e até conhecer atalhos, esta direção nos levará a uma terra na qual os seres humanos podem ainda viver humanamente e tratar com cuidado, com compaixão e com amor a Terra, Pacha Mama, Nana e nossa Grande Mãe.
Esta direção, como tantos outros já o assinalaram, se assenta nestes cinco eixos: (1) um uso sustentável, responsável e solidário dos limitados recursos e serviços da natureza; (2) o valor de uso dos bens deve ter prioridade sobre seu valor de troca; (3) um controle democrático deve ser construído nas relações sociais, especialmente sobre os mercados e os capitais especulativos; (4) o ethos mínimo mundial deve nascer do intercâmbio multicultural, dando ênfase à ética do cuidado, da compaixão, da cooperação e da responsabilidade universal; (5) a espiritualidade, como expressão da singularidade humana e não como monopólio das religiões, deve ser incentivada como uma espécie de aura benfazeja que acompanha a trajetória humana, pois ancora o ser humano e a história numa dimensão para além do espaço e do tempo, conferindo sentido à nossa curta passagem por este pequeno planeta. "2

Bonito filosofar. Mas faço como a Nívea e pergunto: e daí? Como transformar, na prática, o meu paradigma, se somos, como pais ensinados, responsáveis perante a sociedade por transmitir justamente o paradigma dominante? Se somos as pessoas que continuam a dirigir bêbadas, falando ao celular e matando, no trânsito, mais do que se mata nas atuais guerras? Como mudar essas crenças e esses valores?


Por outro lado, a direção apontada por Boff também requer uma mudança mais profunda ainda, pois depende de que mais gente, além de mim, mude seu paradigma, sob pena de que querer um "controle democrático sobre os mercados e capitais especulativos" não passe de mera... especulação; sob pena de que o "intercâmbio multicultural" não passe, como sempre foi, de um intercâmbio de bombas... Bonito filosofar.
Num mundo onde trilhões de dólares são gastos ou perdidos tão somente para recuperar os "mercados e capitais especulativos", a miséria e a fome continuam matando crianças,
jovens e adultos.
Há muito mais entre o filosofar e o agir: existem as crenças e valores que adotamos. Devemos oferecer um caminho prático para que as pessoas, primeiro, acreditem que mudar é possível e que a mudança não lhes causará prejuízo (as pessoas não mudam pensando nas vantagens que poderão obter e, sim, nos prejuízos que poderão evitar); segundo, que queiram mudar, por verem que uma nova crença - esta sim, baseada em uma "ética do cuidado, da compaixão, da cooperação e da responsabilidade universal" é boa para todos; terceiro, que seja um exercício (agir) que se adapte facilmente à vida das pessoas e não algo radical como muitas das propostas que andam por aí.
Precisamos construir esse caminho prático, que nos fará sair do filosofar e passar para o agir.

O mundo está sendo destruído pelos que fazem e não pelos que pensam.
**************************************************

Notas:
1Capra, Fritjof. A teia da vida. uma nova compreensão científica dos sistemas vivos. 13ª ed. São Paulo. Cultrix. p.25.
;2Leonardo Boff. Os limites do capital são os limites da Terra. Agência Carta Maior.

Nas fotos: crianças lindas q ao meu lado alegrando os meus dias!

Bjs a todos e namastê!

*

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Quarentena de Dedicação a Lakshmi

Queridos amigos, namaskar!

Finalmente, um mês após a última, comecei outra quarentena!!!!
Essa é em dedicação a Lakshmi, linda, próspera e abundante Deusa em toda sua grandeza!!!

Bem, a parada é a seguinte:

- 2 orações para Lakshmi (uma é a dessa foto aí d cima e a outra é a da foto d baixo) por dia (uma d manhã e a outra à noite), sendo q começo cada uma com uma breve invocação "om sri lakshimeye namaha om lakshmi om" 8x.
- os belos mantras d sempre, sahana vavatu, poornamadah poornamidan, gayatri e patanjali cantados diariamente.
- carne??? NO MOREEE!!! Uhuuuu!!!!! Limpeza totaaaalllll!!!!! Só libero o peixe... mesmo assim, só um japinha d vez em qdo... ñ vou ficar comendo peixe todo dia.
- 10 andares d escada por dia. Subindo, é lógico. Ainda bem q ñ moro no 2º andar, né? Se ñ ia ser ridículo...
- no altar, uma bela flor, sempre!
- tbm no altar, velinhas cheirosas e em forma d flor d lótus! Um espetáculo!
- incenso d lótus todo dia
- doce e pão apenas uma vez por dia e moderadamente. Nada mais d café da manhã com pão, almoço um sanduba, dps um lanchinho d misto-quente... nãããooooo, essa vida acabou! Doce a mesma coisa, ñ tem mais essa história d atacar os trakinas do meu bb o dia todo.
- chá vermelho todo dia!!!

E assim, no final dessa quarentena cheia d amor à vida saudável, vamos ver se volto pros 50kg, né? Tô sendo boazinha comigo mesma! Ahimsa, galera!!! Eu poderia exigir d mim os bons e velhos 47kg, mas me contento em perder só 5 e chegar aos 50kg. O resto eu consigo perder na próxima...

Só falta agora eu conseguir voltar a frequentar minhas aulas d yoga às 7 da matina... q saudade!
Mas eu volto!!!

Dps vou postar uma fotita do meu altarzinho na minha mesinha d pés d elefante!!!

Bjs a todos!
Namastê!

ps. amanhã é niver da mommyyyyy!!!!!!!! Vou comer japaaaaa!!!!! O dia todo sem doce pra poder comemorar com um pedacinho (inho mesmo) d torta!

Mommy, t amo!

sábado, 14 de agosto de 2010

Segredo 38

Não se esqueça de se divertir


Reserve, todos os dias, algum tempo para se divertir, para dizer bobagens, para rir.

*

Observe as crianças correndo em um playground e você logo se verá pensando: "Como elas se divertem!" Por que elas estão se divertindo tanto? Uma pergunta melhor seria: "Por que você não está se divertindo mais?" As crianças correm e brincam como por instinto. Elas não se perguntam se deveriam se divertir, elas simplesmente seguem seu impulso e se divertem. À medida que vamos crescendo, vamos nos tornando mais sérios, reprimindo nossos desejos lúdicos, confundindo maturidade com sisudez.
Convide um de seus amigos para fazer algo divertido e é possível que ouça dele: "Eu não tenho tempo para isso", ou "Vou ficar ridículo". Imagine se uma criança que é convidada para ir ao zoológico, ou para tomar um banho de chuva, vai responder: "Eu ligo pra você depois, estou muito ocupada agora, além mais o que vão dizer de mim?" Às vezes as crianças são mais sábias do que nós. Divertir-se mais, bater papo e dar risada, reservar algum tempo para coisas que poderiam ser consideradas bobagens, mas nos dão alegria, é essencial para a felicidade.
Divertir-se regularmente é um dos cinco fatores centrais para uma vida satisfeita. Os indivíduos que dedicam algum tempo a se divertirem tem chances vinte por cento maiores de ficarem felizes em sua vida diária e trinta e seis por cento maiores de se sentirem bem com sua idade e com a etapa que estão vivendo.

Lepper, 1996
*
Segredo 38 do livro "Os 100 Segredos das Pessoas Felizes".
Caso vc ñ tenha lido os outros q postei, veja nos arquivos do blog e no meu (ñ mais usado) Flog Floquinho (lá tem desde o segredo 1).
*
Na foto: Rafael e Jolie numa linda arte q fiz pra Zen People.
*
Bjs a todos e namastê!

*

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Shiva Linga

Na mitologia indiana, Shiva é o destruidor q abre caminho para novos pontos de partida. A menos q um círculo termine, o outro ñ pode ser iniciado. A natureza q resume a vida em seu mais puro avatar está repleta d términos e começos. O Shiva Linga ou Falo d Shiva é a força masculina e o símbolo da destruição e consequente reconstrução.

Nesse mudra, coloque a mão direita sobre a palma da esquerda, com o polegar apontado pra cima. A mão esquerda fica em forma côncova. As mãos devem ser mantidas no abdome e os cotovelos apontados pra fora e ligeiramente pra frente. A mão direita fica fechada, com o polegar apontado pra cima, e embalada pela mão esquerda.

Esse mudra pode ser feito duas vezes ao dia, por quatro minutos ou mais. Ele revigora e tem grande poder d cura.

Para energizar, faça a seguinte visualização para a prática do Shiva Linga:

"Imagine q sua mão esquerda é um pilão e a direita, um socador. Durante as primeiras respirações, mentalmente, deixe tudo o q lhe faz adoecer cair dentro d sua mão esquerda, como se fossem feixos escuros. Com a lateral da mão direita, triture tudo até q se transforme em pó e então sopre esse pó d sua mão, como areia fina ao vento. Em seguida, permaneça sentado por um momento e deixe a energia d cura fluir para a vasilha formada pela sua mão (seu reservatório energético) através do polegar. Fervorozamente, faça a seguinte afirmação, várias vezes: 'A luz da cura ilumina cada célula do meu corpo, dissolve tudo o q deve ser dissolvido e constrói o q deve ser reconstruído. Obrigado!'

Texto tirado do livro "O Poder Curativo dos Mudras".



Nesse mudra, ame e se deixe ser amado! ;)

Namastê!

*

sábado, 31 de julho de 2010

Quarentena d dedicação a Shiva



Galera, hj chega ao fim a minha quarentena d dedicação a Shiva.

Visivelmente, meu sankalpa parece q ñ aconteceu... mas eu acredito no poder d Shiva e sei q pode ter acontecido interiormente ou q pode ter se iniciado nesses quarenta dias.
Minha meditação, aquela profuuunda q tanto desejo, ñ consegui alcançar, mas valeu cada minuto d ‘om namah shivaya’.

Gostei d+ d fazer isso! E, mesmo ñ tendo certeza se aconteceu ou ñ o meu sankalpa, foram dias mto bons pra mim, com conquistas boas d trabalho e logo no início um presente q ñ tem preço: meus 3 meses d espaço nirvana (uhuuuuu!!!!!) q ganhei da minha cunhada linda que amo!!!

Meus dias estão sendo mais felizes por começarem às 5h da matina e praticar às 7h!
Vcs ñ imaginam o qto isso está me fazendo bem!
E sei q veio d Shiva!

Acredito q agora, dps d todo esse tempo tomando café com adoçante (eca!), vou conseguir reduzir bastante a qtd d açúcar do meu café (sempre mega) melado.

E, olhem só q doido... hj é dia 31 e estou finalizando a quarentena. Isso ñ foi planejado. Qdo comecei, era pra ter sido 2 dias antes... aí ñ fiz... na véspera, tentei, mas ñ fiz... acabei começando no dia 22/06 e deu certinho até o dia 31/07. Ñ contei no calendário pra ser assim... simplesmente coincidiu! Legal, né?

Então foi isso:

* Café com adoçante e água em jejum – quero explicar, pra quem ñ sabe, q isso pra mim foi um esforço realmente sinistro. Um dos momentos d gde alegria do meu dia sempre foi o meu café mega melado ao acordar. Eu sinto um prazer enorme fazendo isso! Posso comparar com o primeiro gole d uma cerveja gelada num dia quente (pra quem bebe, é maravilhoso, né? Pra mim, me faz vomitar). Na quarentena, além d ter cortado o açúcar, tbm bebi 2 copos d água em jejum, coisa q é bem chatinha mas q todos deveriam fazer. Isso eu vou manter.

* 108 'om namah shivaya' – Eu começava cantando 4 mantras (sahana vavatu, poornamadah poornamidam, gayatri e invocação a Patañjali), dps mentalizava o meu sankalpa e seguia com os 108 ‘om namah shivaya’. Um tempinho do meu dia dedicado à meditação.

* 10 sequências d Surya Namaskar – outra coisa q eu fiz, às vezes beeem cansada, mas com total dedicação!

* Incenso – todos os dias eu acendi o incenso Shivam pra Shiva.

* Flor – mantive uma rosa bem linda no altar q fiz na minha mesinha d elefantinho!

Bem, agora acabou!

Minha próxima quarentena (gostei disso!!!) será d dedicação a Lakshmi!

Bjs a todos e namastê!

Na foto, eu e Shiva meditando no sítio! ;)

terça-feira, 27 de julho de 2010

Normose


O sujeito "normal" é magro, alegre, belo, sociável e bem-sucedido. Quem não se "normaliza" acaba adoecendo. A angústia de não ser o que os outros esperam de nós gera bulimias, depressões, síndromes do pânico e outras manifestações de não enquadramento.

A pergunta a ser feita é: quem espera o que de nós? Quem são esses ditadores de comportamento a quem estamos outorgando tanto poder sobre nossas vidas? Eles não existem. Nenhum João, Zé ou Ana bate à sua porta exigindo que você seja assim ou assado. Quem nos exige é uma coletividade abstrata que ganha "presença" através de modelos de comportamento amplamente divulgados. Só que não existe lei que obrigue você a ser do mesmo jeito que todos, seja lá quem for todos. Melhor se preocupar em ser você mesmo.

A normose não é brincadeira. Ela estimula a inveja, a auto-depreciação e a ânsia de querer o que não se precisa. Você precisa de quantos pares de sapato? Comparecer em quantas festas por mês? Pesar quantos quilos até o verão chegar? Não é necessário fazer curso de nada para aprender a se desapegar de exigências fictícias. Um pouco de auto-estima basta.

Pense nas pessoas que você mais admira: não são as que seguem todas as regras bovinamente, e sim, aquelas que desenvolveram personalidade própria e arcaram com os riscos de viver uma vida a seu modo. Criaram o seu "normal" e jogaram fora a fórmula, não patentearam, não passaram adiante. O normal de cada um tem que ser original. Não adianta querer tomar para si as ilusões e desejos dos outros. É fraude. E uma vida fraudulenta faz sofrer demais. Eu não sou filiado, seguidor fiel, ou discípulo de nenhuma religião ou crença, mas simpatizo cada vez mais com quem nos ajuda a remover obstáculos mentais e emocionais e a viver de forma mais íntegra, simples e sincera.

Por isso divulgo o alerta: a normose está doutrinando erradamente muitos homens e mulheres que poderiam, se quisessem, ser bem mais autênticos e felizes.

Professor Hermógenes

É sempre tão bom 'ler o professor'!

E é sempre tão bom ter a liberdade d ser quem vc é! Pense nisso!

*

Foto tirada pelo meu little brother Fedel Fedelho lá no sítio.

*

Bjs a todos e namastê!

*

domingo, 18 de julho de 2010

As quatro leis da espiritualidade


Na Índia, são ensinadas as "quatro leis da espiritualidade" :

A primeira diz: "A pessoa que vem é a pessoa certa".

* Ninguém entra em nossas vidas por acaso. Todas as pessoas ao nosso redor,
interagindo com a gente, têm algo para nos fazer aprender e avançar em cada
situação.


A segunda lei diz: "Aconteceu a única coisa que poderia ter acontecido".

* Nada, nada, absolutamente nada do que acontece em nossas vidas poderia ter
sido de outra forma. Mesmo o menor detalhe. Não há nenhum "se eu tivesse
feito tal coisa..." ou "aconteceu que um outro ...". Não. O que aconteceu
foi tudo o que poderia ter acontecido, e foi para aprendermos a lição e
seguirmos em frente. Todas e cada uma das situações que acontecem em nossas
vidas são perfeitas.


A terceira diz: "Toda vez que você iniciar é o momento certo".

* Tudo começa na hora certa, nem antes nem depois. Quando estamos prontos
para iniciar algo novo em nossas vidas, é que as coisas acontecem.


E a quarta e última afirma: "Quando algo termina, ele termina".

* Simplesmente assim. Se algo acabou em nossas vidas é para a nossa
evolução. Por isso, é melhor sair, ir em frente e se enriquecer com a
experiência. Não é por acaso que estamos lendo este texto agora. Se ele vem
à nossa vida hoje, é porque estamos preparados para entender que nenhum
floco de neve cai no lugar errado.

*

Bjs a todos e namastê!

*

quinta-feira, 8 de julho de 2010

Amor


Pense em alguém que você goste muito.

Do passado, do presente ou do futuro.

Pode ser um bichinho, um brinquedo, uma pessoa, uma criança, uma situação agradável.

Pense e sinta.

Sinta esse amor, agora, aqui, em você.

Conecte-se com o amor que habita você.

Comece a incluir nessa amorosidade todas as pessoas que estão próximas a você.

Vá expandindo sua capacidade de amar.

Inclua todas as pessoas que você conhece.

Agora inclua as que você não conhece.

Inclua próximas e distantes.

Inclua pessoas que você jamais viu.

Os povos africanos, asiáticos, australianos.

Os povos e tribos de toda a Terra.

Inclua em seu amor todo o planeta, com árvores e insetos. Flores e pássaros. Mares, rios, oceanos.

Inclua a vegetação da Amazonia e da Pantagonia.

Inclua o Mar Morto e o Deserto do Saara.

Não deixe o Pequeno Príncipe de fora.

Inclua os Lusíadas, a Odisséia, Kojiki,

Inclua toda a literatura mundial, um pouco de Machado de Assis, Eça de Queiroz, Shakeaspeare, um tanto de Saragosa, uma gota de Jorge Amado, banhado por Herman Hesse e Amon Oz.

Inclua todas as religiões.

Como se não houvesse dentro nem fora.

Imagine, como John Lennon, que o mundo é um só.

O mundo é uno. O mundo, o universo, o pluriverso é um só.

Nós somos unas e unos com o uno.

Perceba.

Isto que digo é a verdade.

E só há esse caminho.

Inúmeras analogias, linguagens étnicas, expressões regionais e temporais para tentar atingir o atemporal, o fluir incessante, incadescente, brilhante, da vida em movimento transformador.

Somos a vida da Terra.

Somos a vida do Universo.

Somos a vida do Multiverso.

E quando nossos pequeninos corações humanos se tornam capazes a ir além deste saquinho de pele que chamamos o eu, nos contatamos com a essência da vida. Que é a anossa própria essência e de tudo que é, assim como é.

Algum nome? Nenhum nome?

Caminhemos.Tornamo-nos o caminho a cada passo.

Que cada passo seja um passo de paz.

Que o novo ano se abra com a abertura dos corações-mentes de todos nós seres humanos.

Abertura para o infinito.

Abertura para a imensidão.

Abertura para a ternura.

Abertura para a sabedoria.

Abertura para a compaixão.

Que todos os seres em todas as esferas e todos os tempos se beneficiem com esse amor imenso que aqui e agora juntas, juntos, nos tornamos. E ao nos tornarmos o amor tudo se torna vida e vida em abundância. Ame e manifeste esse amor agora.

Mãos em prece

Monja Coen

* Lindo, lindo, lindo!!! Amo d+ esse texto! Se todo mundo amasse todo mundo, todo mundo seria mto mais feliz!
Na foto, alguém q eu amo! E q todo mundo q conhece tbm ama!
Aliás, a palavra amor é a cara dela, né?

Minha cunhadinha, irmã, fada-madrinha... obrigada por existir na minha vida!

Bjs a todos!

Namastê!

ps. já estou na terceira semana d quarentena de dedicação a Shiva! Se vcs soubessem o poder do om namah shivaya...

Bjo, bjo, bjo!
Shanti, shanti, shanti!

Hare OM!

*

sexta-feira, 2 de julho de 2010

Insônia: quando o inimigo dorme ao lado



por Miila Derzett

Como retomar o bem-estar físico quando a mente está agitada e esgotada ao mesmo tempo e a insônia passou a ser uma companheira de quarto? Alguns respiram, praticam pranayama. Outros sentam em sukhasana e meditam, projetam, testemunham. Outros, em savasana, entram em Yoga Nidra.

Eu coloco minha vida num papel a minha frente como se tivesse aberto um HD imenso, e com giz de cera, vou escrevendo tudo o que está literalmente me tirando o sono, utilizando cores de acordo com a prioridade de execução das tarefas/pensamentos. Um bom exercício para um vata inquieto, um pitta frustrado e irritado porque as coisas não andam acontecendo do jeito planejado ou um kapha que se perdeu dentro de tantos compromissos e tarefas e não sai do lugar.

Numa cartolina branca observo minha vida... tão lá fora, prejudicando e esgotando meu corpo e minha mente.
Tento priorizar o que vai dar um sono tranquilo, um dia presente e ao que está dentro pedindo atenção há vidas. Olho com carinho para o ítem "mais quietude e mais meditação". Que seja numa alimentação preparada com canto de mantras. Num banho com óleos, sem pressa, elaborado conforme minhas necessidades. E às vezes precisamos simplesmente suspirar. E isso já é um bom começo, desde que seja feito de forma consciente.

Escrevendo aquilo que me angustia, a sensação que tenho é como se um grande peso fosse saindo das minhas costas. Não é abrir a agenda e organizar seus horários. É mais que isso.

É agir com discernimento perante um bolo de coisas que vão sendo escritas por você mesmo, tarefas e mais tarefas, invenções, compromissos "inadiáveis". A cada palavra escrita, um novo olhar sobre ela. E você vai perceber como tem material a ser "deletado". Mas permita-se estar aberto a isso com neutralidade e distanciamento, ok? É somente um punhado de energia que está tirando o foco de algo bem mais importante a ser realizado em sua vida, pode ter certeza disso.

Depois de coloridas e enumeradas por prioridade - e uma porção literalmente riscadas do mapa - a cada tarefa cumprida, com o cuidado de não inventar duas novas logo adiante, um suspiro de alívio. E dê tempo ao tempo: duas por dia. Uma tarefa que requer mais tempo e paciência terá um mês. Faça de uma vez aquele telefonema para a companhia de cartão de crédito. Aliás, quebre-os. Eles agem como algemas na nossa mente. Nos aprisionam. Telefone para as tias, afilhada, irmã que mora longe e custa um DDD danado. Faça.

Organize a pasta de contas. Limpe o armário. Tire um dia para dar roupas, costurar outras, guardar umas tantas. Sente-se na praia com uma amiga que não vê há tempos, não interessa se naquele dia as ações estão subindo e você tem que olhar no seu smartphone (ou como chama um amigo meu, "trashberry"). Desligue-se.

Perceba que as tarefas que mais tensionam nosso pescoço e costas são exatemente as que vamos empurrando com a barriga, ou seja, as que custam TEMPO. Realize-as. As que não são importantes, desapegue de uma vez. ISSO é muito importante.

O interessante nesse processo é perceber como fazemos coisas, muitas ao mesmo tempo. Por isso nos sentimos tão cansados até mesmo nos dias que acordamos tarde e não realizamos muito fisicamente. A mente não pára, nem o tempo.

Nesse processo de colocar tudo no armário e sentar de frente dando o real valor a cada um dos "arquivos" de nossa mente, aprendemos muito. Sobre nossas escolhas, sobre nossos medos, medo daquilo que já deveria ter virado realidade e vamos sabotando... Aprendemos que existem questões que merecem carinho e um olhar sincero, daquilo tudo que é construção sua, reflexo de sua personalidade. Questões muitas vezes profundas, as que mais tememos encarar e que, no final, nos impedem de seguir realizando.

Na cartolina nos deparamos com crenças tolas, vontades absurdas, mas que fazem parte de nossas "sombras", aquilo que também somos. Ora, somos luz e sombra, yin e yang, aquilo que nos orgulha e o que nos causa vergonha e insistimos em criar uma pastinha onde está escrito "deixa quieto" como se varrêssemos para baixo do tapete, sem coragem de jogar na lixeira e nem de deletar...

Pois bem: hora de, com pernas cruzadas ou não, espelhar nosso sistema mental e organizá-lo. Faça hoje, não espere pela segunda-feira. Quebre padrões, desafie-se!

Risque o que é passado, reescreva seu momento. Com ânimo, seus humores mentais passam a ganhar equilíbrio e uma espécie de bem-estar vai substituir aos poucos a fadiga mental.

Depois disso, um leite quentinho com uma pitada de noz moscada irá ajudar naturalmente a induzir ao sono. Um pouco mais? Automassagem nos pés com óleo de gergelim. E depois disso, bons sonhos.

Mas sem exagerar na quantidade deles!

Lindo texto da minha linda professora (na foto) sobre essa coisinha chata chamada insônia q incomoda tanta gente, né?

Brigada prof! Love you!

Bjs a todos!

Namastê!

*

quarta-feira, 23 de junho de 2010

Mude sua Energia

1. Pense sempre de forma positiva. Toda a vez que um pensamento negativo vier à sua mente, troque-o por outro. Para isso, é preciso muita disciplina mental. Você não adquire isso da noite para o dia. Assim como um atleta, treine muito.

2. Não tenha medo de nada e nem de ninguém. O medo é uma das maiores causas de nossas perturbações interiores. Tenha fé em você mesmo. Sentir medo é acreditar que os outros são poderosos. Não dê poder ao próximo.

3. Não se queixe. Quando você reclama, tal qual um imã, você atrai para si toda a carga negativa de suas próprias palavras. A maioria das coisas que acabam dando errado começa a se materializar quando nos lamentamos.

4. Risque a palavra "culpa" do seu dicionário. Não existe culpa, existe responsabilidade. Não se permita esta sensação, pois quando nos punimos, abrimos nossa retaguarda para espíritos opressores e agressores, que vibram com a nossa melancolia. Ignore-os.

5. Não deixe que interferências externas tumultuem o seu cotidiano. Livre-se de fofocas, comentários maldosos e gente deprimida. Isto é contagioso. Seja prestativo com quem presta. Sintonize com gente positiva e alto astral.

6. Não se aborreça com facilidade e nem dê importância às pequenas coisas. Quando nos irritamos, envenenamos nosso corpo e nossa mente. Procure viver com serenidade e quando tiver vontade de explodir, conte até dez.

7. Viva o presente. O ansioso vive no futuro. O rancoroso, no passado. Aproveite o aqui e o agora. Nada se repete, tudo passa. Faça o seu dia valer ser vivido. Não perca tempo com melindres e preocupações, pois só trazem doenças.

Estratégias Físicas (o que você deve fazer de fora para dentro):

1. A água purifica. Sempre que puder vá à praia, rio ou cachoeira. Em casa, enquanto toma banho, embaixo do chuveiro, de olhos fechados, imagine que seu cansaço físico e mental e toda a carga negativa estão indo por água abaixo.

2. Ande descalço quando puder, na terra de preferência. Em casa, massageie seus pés com um creme depois de um longo dia de trabalho. Ou escalde-os em água morna. Acrescente um pouco de sal grosso para se descarregar.

3. Mantenha contato com a natureza, tenha em sua casa um vaso de plantas pelo menos. Cuide dele com carinho. O amor que dedicamos às plantas e animais acalma o ser humano e funciona como um relaxante natural.

4. Ouça músicas que o façam cantar e dançar. Seja qual for o seu estilo preferido, a vibração de uma canção tem o poder de fazer nos sentirmos vivos, aflora a nossa emoção e abre o nosso canal com a alegria.

5. Queime um incenso de vez em quando e purifique o seu ambiente. Prefira fazê-lo na sua casa e aproveite para meditar, respirar profunda e pausadamente, como se fosse uma ginástica mental. A mente também precisa de exercícios.

6. Sinta o aroma das flores e dos perfumes sempre que tiver uma oportunidade. Muitas sensações de conforto se originam num simples ato de inspirarmos delicadamente fragrâncias sutis e agradáveis.

7. Liberte-se! Sempre que puder livre-se da rotina e pegue a estrada, nem que seja por um único dia. Tem efeito revigorante para qualquer ser humano. Conheça novos lugares e novas pessoas periodicamente. Viva a vida!


*
Texto tirado do site da maravilhosa loja Sementeira,
e-mail de Leo Buscaglia.
*
Na foto, minha mão d vaca branca e a mão d vaca preta da vaca preta Renata. Nós, numa energia mais q positiva, no sítio, como belas, grandes e unidas vacas amigas!

Vaquita, pra vc um muuuuu bem gde!!!! Love you so much!

Bjs a todos!

Namastê!

*